A prática da auto-observação foi aperfeiçoada pelo Buda – Mestre do conhecimento interior, que explorou todas as causas de sofrimento e revelou que o modo de transcendê-las e alcançar as mais altas realizações é através do caminho da autodescoberta ou autoconhecimento.

O que é a auto-observação?

“Se auto-observar não é apenar se analisar, tentando entender a si mesmo”
 
A Auto-Observação É A Mobilização Sadia E Lúcida De Todos Os Nossos Recursos E Habilidades.”      Tarthang Tulku – A Mente Oculta da Liberdade
A prática da auto-observação foi aperfeiçoada pelo Buda – Mestre do conhecimento interior, que explorou todas as causas de sofrimento e revelou que o modo de transcendê-las e alcançar as mais altas realizações é através do caminho da autodescoberta ou autoconhecimento.
Ao entrarmos pelo caminho da autodescoberta, o que encontramos?
·         Descobrimos um mundo interior caótico de pensamentos, conceitos, imagens e emoções.
·         Os pensamentos sucedem-se uns aos outros, prendendo-nos firmemente com a força dos sentimentos e emoções que evocam.
·         Percebemos, com o tempo um mundo de confusões e infelicidade, onde nossos hábitos e modo de ver a vida parece nunca modificar.
·         Mesmo depois que nos tornamos cientes de tudo isso, os pensamentos continuam a brotar, sem trégua.
O QUE É IMPORTANTE NESTA REFLEXÃO?
 
Que quanto mais ficamos presos aos nossos pensamentos e emoções, mais perdemos nossa energia e mais nos afastamos do que de fato está ocorrendo conosco e desta maneira mais longe estaremos das possíveis soluções dos problemas que naquele momento nos afligem.
QUEM COMANDA ESTE FLUXO DE PENSAMENTOS?
QUEM É REPONSÁVEL PELA MANUTENÇÃO DE NOSSOS HÁBITOS?
SE HÁ CONFUSÃO E DOR NAS NOSSAS MENTES, POR QUE ACEITAMOS ESTE FATO, SEM QUESTIONAMENTOS?
A primeira coisa a dizer é que quanto mais buscarmos impacientemente estas respostas, menos sucesso teremos, porque enxergar a mente com clareza não costuma ser, pelo menos para a maioria de nós, algo fácil.
A atitude apressada impede a atenção pura, já que não haverá espaço para a meditação criar raízes.
SE ESTIVERMOS TENSOS, NOS SENTINDO FRUSTRADOS, PRESOS NAS NOSSAS EMOÇÕES, MELHOR SERÁ RELAXAR, PÔR DE LADO AS PERGUNTAS E PROBLEMAS E CONCENTRAR-NOS EM NOSSA EXPERIENCIA IMEDIATA. O AQUI E O AGORA.
Aos poucos vamos nos tornando íntimos dos nossos padrões mentais e o sofrimento que eles criam, nos incentivam a querer mudar – ou seja, à medida que vamos tomando conhecimento de que nossas atitudes e modo de pensar e agir nos causam dor, mais rapidamente buscaremos a mudança em nós.
JAMAIS DEVEMOS DESANIMAR NA NOSSA TENTATIVA DE MEDITAR!
A meditação pode nos ajudar a criar padrões de cura e a transformar nossos padrões empobrecedores de pensamento e de ação, em crescimento e liberação.
O QUE DEVEMOS FAZER NA PRÁTICA?
 
·         Prestar atenção naquilo que fazemos e pensamos no nosso dia a dia, não apenas durante os períodos de meditação formal.
·         Em tudo o que fizer perceba como você está.
·         Seja o que for que estiver vivenciando, entre em contato com seus sentimentos, pensamentos e com a qualidade de seu estado interior.
·         Procure não ter grandes expectativas.
RESERVE ALGUNS MINUTOS, VÁRIAS VEZES AO DIA PARA SE PERGUNTAR O QUE ESTÁ ACONTECENDO. Quanto mais você se fizer esta pergunta, mais íntimo de si mesmo se tornará e assim, com o tempo e a frequência deste hábito, se manifestará um maior entrosamento entre o corpo, a mente e a atenção pura.
EXEMPLO DE TÉCNICA A SER USADA:
 
·         Escolha uma palavra que usa muitas vezes ao dia – como sim e olá – e por um ou dois dias substitua-a por outra equivalente.
·         Observe cuidadosamente suas reações.
·         Fica frustrado ou desiste?
·         Fica tenso quando se engana e emprega a palavra costumeira?
·         Fica pensando que é um fracassado, que jamais conseguirá?
Você pode começar a perceber como a mente e o corpo se interligam: a mudança de um afeta o outro.
Determinados pensamentos estão associados a certas sensações corporais e sentimentos.
Pode também reconhecer as circunstâncias que despertam emoções e o levam a se comportar de determinado modo.
INSIGHTS: “São como pedras brilhantes numa praia. Queremos apanhá-las e guarda-las. Apanhamos uma, depois outra, e outras, até que nossa carga se torna tão pesada que mal conseguimos caminhar! ESVAZIE OS BOLSOS! ABRA MÃO DOS INSIGHTS QUE SURGIREM, NÃO IMPORTA QUÃO VALIOSOS PAREÇAM, E ABRA-SE PARA UMA VISÃO MAIS AMPLA, CUJO SIGNIFICADO NÃO PROVENHA DENENHUMA ESTRUTURA CONCEITUAL.
Se você descobrir alguma qualidade desagradável como o medo, o ódio ou o egoísmo, não o evite nem tente se livrar dela. AFASTAR UMA EMOÇÃO É COMO ATIRAR UMA BOLA DE BORRACHA CONTRA A PAREDE – QUANTO MAIS ENERGIA VOCÊ APLICA, TANTO MAIS FORTE ELA RETORNA.
O APEGO A UM SENTIMENTO NEGATIVO TAMBÉM ASSEGURA SUA CONTINUIDADE. Por Exemplo: Guardar o sentimento de que você é uma pessoa ruim irá perpetuar o efeito nocivo desse sentimento.
O QUE FAZER ENTÃO?
§  Apenas reconheça tais energias negativas em você mesmo e deixe-as aí, sem se voltar para elas com fascínio nem se afastar delas com medo.
§  Quando surgirem julgamentos, dê-se conta deles, mas não se deixe envolver por seu conteúdo.
§  Permaneça centrado na sua experiência imediata. do aqui e do agora. e você transcenderá essas autoimagens que, a princípio parecem tão negativas.
§  Sempre que sentir que está perdendo o equilíbrio, ou quando a agitação começar a surgir, simplesmente mude sua perspectiva.
COMO?
Imagine que seus problemas estão acima de você, uma pequenina mancha na imensidão do céu. concentre sua consciencia nesse ponto. tente se enxergar olhando para este ponto e que há uma série de outras situações ocorrendo ao seu redor.
Para onde foram seus problemas? muito provavemente se tornaram inalcansáveis. – sua perspectiva passou a ser outra. longe da emoção trazida pelos problemas.
Neste momento, você se sente mais leve, mais livre para escolher novos hábitos, novas maneiras de reagir diante de um sofrimento.
“Por meio da prática da auto-observação na meditação e na vida diária, mesmo nossas questões mais profundas podem ser respondidas. Podemos descobrir o que somos e o que estamos fazendo nessa terra. Por fim, poderemos entrar em contato com um corpo de conhecimento tão vasto que toca todas as coisas”.
Texto retirado do livro A Mente Oculta da Liberdade, Tarthang Tulku
                 HELENILDES ALCANTARA



Se você gostou deste texto, fique a vontade para compartilhar, comentar  e recomendar nosso Blog. 
 
 
Somos uma Escola que propaga as boas ideias e busca o Despertar da Consciência, ajudando a tornar as pessoas criadores de novas realidades. 

Nossa sede é na Rua Campos Sales, 38,  Tijuca Rio de Janeiro. Temos palestras públicas toda segunda feira as 19hs.