CRÔNICA Nº 11

“É mais fácil um camelo passar por um buraco de uma agulha do que um rico entrar no Reino dos Céus.”

Essa frase certamente o leitor já ouviu. E também deve saber muito bem que ela esta na Bíblia e que foi dita por Jesus aos seus discípulos.  Acredito que muitos dos que estão lendo agora, já devem ter se perguntado também.

Qual seria o significado de frase tão intrigante?

Antes de tentar entender, ou mesmo de entrar na questão religiosa, vamos tecer comentários a respeito dos elementos dela.

O camelo, evidentemente refere-se ao animal.  Muito comum e muito utilizado no deserto e na região, e que servia de meio de transportes, principalmente pelos comerciantes da época que transitavam entre as cidades levando especiarias, mantas , tecidos, joias e diversos artigos para comercializar.

A agulha, era uma portinhola lateral bem pequena que servia de entrada quando o grande portão da cidade se fechava a determinado horário.*  De modo que, nesse caso, se fosse autorizada a entrada do comerciante, ele teria que esvaziar toda a carga do lombro do camelo e com muito cuidado passa-lo pela tal agulha.  O que certamente não seria  tarefa nada fácil.

Os leitores podem recorrer a imaginação para tentar entender, levando-se em conta o tamanho do animal e o tamanho da agulha.

Era preciso muito determinação e uma boa dose de paciência.

Voltando agora a frase bíblica: Creio que o grande Mestre Jesus usou essa analogia para demonstrar que o homem para entrar no Reino dos Céus, primeiro precisa se curvar, assim como o camelo, depois precisa desfazer de suas riquezas, de suas certezas, como fazia o comerciante ao retirar toda a mercadoria do lombo do animal. Por fim, tem que ter a determinação e paciência para mudar seu coração, voltando-se para Deus.

“Onde está seu coração, aí está seu tesouro.”  Está frase, também da bíblia, pode nos fazer entender que os ricos em geral, se apegam em demasia aos bens materiais, empregnando-neles sua própria vida.

Certa vez um homem rico que gostava de ouvir as pregações de Jesus o procurou dizendo que gostaria de segui-lo. Jesus então o disse que doasse metade da sua fortuna e poderia segui-lo.  O homem nunca mais foi visto mais nas pregações.

Jesus certamente sabia, por isso o provocou.

No entanto, Jesus fez proposta semelhante a Zaqueu que atendeu ao seu pedido. Doou metade de todos os seus bens aos pobres, as viúvas de quem ele roubava, aos comerciantes, de quem ele cobrava  impostos superfaturados. Zaqueu conseguiu cumprir a promessa feita a Jesus, pois teve seu coração tocado.

Como se pode ver nesses exemplos citados acima, o dinheiro, ou a riqueza não é impedimento para Entrar no Reino dos Céus, talvez o apego que se tem a ele sim. O coração do homem não pode e nem deve se prender ao dinheiro, ao contrário deve ser livre e direcionado a Deus .

Sendo assim, para que o nosso coração também fique leve,  vamos ficar por aqui, até porque essa crônica não pretende discutir conceitos religiosos, não foi essa a nosssa intenção,  mas sim falar de forma superficial sobre essa questão curiosa da bíblia.

Espero que tenha gostado.

Deixe seu comentário a respeito.

Dom Romani

Em 08/06/22

* Em geral as cidades daquela época eram cercadas por  muralhas e possuiam um grande portão  vigiado por guardas dos  seus respectivos reinos


Todas as  poesias e publicações são de autoria de Dom Romani (salvo quando dado o crédito a terceiros). É uma honra e um prazer que republiquem meus poemas, poesias e textos, desde de que com os devidos créditos.

Se gostou desse artigo, poderá gostar também de ler, ouvir e Assistir (em texto, áudio e vídeo): Enquanto Você Dormia

SINTONIZE NOSSA RÁDIO

NOVO LIVRO DE DOM ROMANI
SÓ POESIAS DE FÉ E ESPIRITUALIDADE