Correndo…

Corremos o tempo todo…
Para alguma coisa…
Ou de alguma coisa!
E correndo…
Deixamos de ver o Caminho…
A importância do processo.
O aprendizado
O crescimento!
Deixamos de ouvir nossas necessidades…
Nossos desejos
Sonhos
Frustrações
Apelos da alma!
Fugimos de obrigações…
Compromissos
Promessas
Enfrentamentos necessários para evoluir.
Não aproveitamos os mais preciosos momentos:
A infância renegada,
Adolescência perdida,
O amor verdadeiro.
A sede de ter…
Anulando o prazer de viver!
E quanto mais corremos…
Mais nos perdemos em nossos enredos complexos e complicados.
E uma certa hora já não dá mais pra correr…
E aí que olhamos o tanto que percorremos.
Para muitas vezes constatar que pouco saímos do lugar!
Não criamos nada…
Não construímos coisa alguma…
Nos automatizamos em robôs sem uma boa história para contar!
Relevamos o mais importante da vida para nada ganhar em troca…
Nada que valha a pena se orgulhar.
E caímos na real…
Enxergando o óbvio:
Uma corrida que não levou para lugar algum!
Pelo menos, não para onde achávamos que chegaríamos.
E aí pensamos…
Será que ainda dá tempo e correr para viver um pouco?

DayseGhaya