Quando olho as estrelas…

Sinto saudades.
Não sei de onde…
Nem de quando!
Olhando para cada luzinha…
Seu brilho longe…
Um aperto
Uma sensação
Um vazio.
O saber que tem uma ligação.
Que em alguma delas…
Ausências sentidas!
Vagas…
Tão distante,
Que a lembrança se perde!
Mas fica esse sentir…
Poder voar…
Chegar lá!
Encontrar antigos companheiros…
De outras vidas…
Outras eras…
Outras dimensões!
Mas é esse elo perdido…
Que só a esperança alcança.
E sussurra baixinho…
Um dia você volta!

DayseGhaya