images (23)

Sabe amigos ,

Hoje eu quebrei um jarro bonito de vidro, todo florido…

Ele se espatifou pelo chão quando eu estava remexendo a louça na cozinha…

Deu um trabalho danado para limpar a cozinha. Primeiro tive que varrer os cacos grandes, depois passar uma vassoura cuidadosamente para remover os vidros finos e por fim passar um pano molhado na cozinha toda …

Tudo isso para ter certeza que ninguém iria se machucar ou se cortar em um caquinho de vidro…

Enquanto estava limpando me dei conta que nunca mais na vida eu iria ver aquele jarro de novo.

E o pior é que todo aquele trabalho não teria recompensa.

Eu tinha que fazer aquela limpeza mas isso não me devolveria o jarro.

Aí enquanto limpava eu me dei conta de quantos jarros a gente quebra pela vida afora.

Jarros construídos com todo cuidado, amor e delicadeza, que representaram a união de esforços de muita gente.

Jarros humanos que jamais serão colados.

Quantos parceiros, quantos amigos, quantas alianças quebradas por vaidade, egoísmo, impaciência…

Quantas pessoas na vida nós magoamos e jamais voltarão a ser como eram, por puro egoísmo.

Jamais poderemos reparar aquilo que quebramos …

E ainda que tenhamos que limpar a sujeira toda que fizemos, porque este é nosso dever, jamais teremos alguma recompensa por isso, porque destruímos algo que foi construído com tanto cuidado…

Acho que é isso que chamam de karma…

Jarros humanos que quebramos por descuido, por uma ação impensada e que jamais serão refeitos, e que por isso nós teremos um trabalho duro pela frente, e que não haverá qualquer recompensa e que não poderemos deixar de fazer…

A palavra dever ou obrigação lembra uma dívida, algo que somos obrigados a fazer por conta de alguma coisa que quebramos…

Será que vale a pena para satisfazer nossos interesses pessoais, deixar cacos espalhados pela vida…

Haveju