images (18)

A essência da Páscoa

Quando o povo de Israel se viu livre houve um excesso de euforia e abuso desta liberdade e seu Líder entendeu que havia a necessidade da Lei e da ordem.

Os frutos amargos lembravam os tempos de dificuldades e ensinavam o quanto a limitação ensina mais que a liberdade.

O povo aprendeu a duras penas a força da lei e da ordem e isso passou a fazer parte de sua cultura que prosperou de tal forma que foi necessário mais adiante um novo líder reformador para trazer a mensagem do amor e dar um novo sentido a Páscoa.

Ele jamais contradisse a lei, mas sim acrescentou a ela uma dose de doçura e compaixão sem jamais contraria-la.
Era necessário unir a lei e o amor, a razão e a sensibilidade.

Dar um novo sentido aos frutos amargos e perceber a doçura em sua essência e não em sua forma.

Bem aventurados os que sofrem e tiram boas lições do sofrimento e se reformulam.

Novamente a vida nos traz um novo reformador imponente e poderoso com sua coroa, que nos limita e nos ensina duras lições, mas que desperta
novas necessidades nos corações humanos…

Mas desta vez, não apenas em um povo mas em todo o planeta.

Que novos tempos virão após enxergarmos estas necessidades de nossas almas e percebermos que somos um só povo…

Felizes os que enxergam a luz em meio a escuridão, e que veem o mestre mesmo nas lições duras e amargas…

Feliz Páscoa

Haveju