Aprisionamentos…

Podem vir de dentro:
Sentimentos arraigados…
Mágoas…
Tristezas…
Lembranças…
Rancores!
Ou imputados:
Compromissos…
Cobranças…
Dívidas…
Detenções!
Os que se valem das dores:
Vinganças…
Conluios…
Artimanhas…
Injustiças!
Os instados pelos desejos:
Seduções…
Abusos…
Vícios…
Violações!
Os que abusam da ignorância:
Mentiras…
Usurpações…
Incitações…
Covardias!
Nos agarramos a situações,
Crenças,
Sonhos,
Pessoas,
Lugares,
Recordações,
Por medo de perder o que se acha que tem.
Por insegurança em sua capacidade de mudar.
Por achar que a ilusão supera a dor!
Por glórias efêmeras…
Poderes que te isolam…
Valores que se subvertem…
Ganhos que se deterioram!
Nada mais duro que olhar a própria imagem aprisionada na miragem criada para mascarar a crueldade dos grilhões da tirania!

DayseGhaya