0000000003951

Queremos que as pessoas melhorem, sejam mais humanas e gentis , compreensivas e delicadas. Mas não ensinamos para elas como se faz.

Aqueles que não tem estes recursos internos  não sabem como fazer isso…

Ninguém aprende pelo discurso ou pela crítica.

A gente aprende quando um professor paciente e amoroso pega a nossa mão com o lápis e vai escrevendo junto com a gente.. que nos mostra paciente e gentilmente como se faz sem nos julgar.

E depois nos acompanha e nos incentiva a cada melhora…

Nunca deixamos de ser criança e precisamos sempre de bons mestres para nos ensinar algo que não sabemos…

Depois saímos por aí ensinando aquilo que aprendemos…

Eu sempre fui agressivo e ignorante mas alguns destes bons mestres tiveram a paciência de me ensinar e me mostrar pelo seu exemplo como ser uma pessoa mais humana…

Levei tempo para aprender e agora as pessoas me admiram pela minha sensibilidade …

Graças aos meus mestres…

E você ? Quando vai deixar de ser crítico(a) e se tornar um(a) mestre(a) para as pessoas….

Pitágoras nos fala sobre essa relação de aprendizado em um dos seus versos.

Elege amigo teu o que em virtude prima,

Vive come ele e dele te aproxima,

Mas se em te aconselhando, o teu amigo for um dia menos brando,

Perdão! Óh lei severa!

A justiça fatal as vezes prepondera”

Versos Áureos de Pitágoras

Veja também: O crítico e o construtor