Imagem relacionada

Eu me transformo a cada dia e a cada momento penetro em novas dimensões da realidade e meu mundo se transforma comigo. O Eu de ontem já não existe mais. Passou como as águas de um rio.

A medida que me relaciono, recebo novas ideias externas, e se as absorvo, combino com minhas próprias experiências pessoais lhes dando uma nova roupagem.

Ao expressa-las devolvo ao meio uma nova criação que é filha desta união entre minhas antigas ideias e estas ideias externas.

Assim, ao aderir e modificar as coisas eu mesmo me transformo porque o antigo eu adquire algo novo.

Aquilo que eu faço aprendi com alguém, mas ao realizar eu coloquei meu próprio tempero e meu jeito de fazer.  E quando ensino ou passo adiante já não é mais a mesma forma de fazer. E aquele que recebe e aprende fará também do seu jeito e com seu próprio tempero individual.

Eu bebo e me alimento nesta fonte inesgotável de arquétipos, ideias e formas, e me reconheço por estas ideias e personagens que eu abrigo e alimento e pelas ações que realizo. E ao aceitar alguma coisa de fora eu modifico o próprio conceito que tenho de mim mesmo, porque adquiro novos valores e uma nova visão.

E da forma como eu me enxergo eu sou capaz de extrair os valores de dentro do meu ser para manifestar minhas crenças e alimentar minha estrutura mental. É desta forma que minha alma se expressa e se realiza, pelas coisas que faço e produzo.

É isso que define o grau de vibração e a dimensão em que vivo e mudando minhas ideias eu mudo de dimensão.

A ideia é uma nova vida, e a vida sempre busca a sustentação. E uma vez estabilizada em uma determinada forma ela aprende a obter as energias necessárias ao seu sustento .

Mas uma nova forma recém criada não tem estabilidade e precisa de novas energias. E para lhe dar vida a alma tem que fazer grandes esforços, e por isso precisa buscar adesão e aprovação externas.

Somos esta máquina espiritual que recebe constantemente do meio materiais novos e os transforma devolvendo ao meio novos produtos genuínos que também serão transformados por outras inteligencias.

Felizes os que tem consciência e sabem fazer uma boa escolha dentre os materiais disponíveis no meio para alimentar e processar em sua alma.

Assim aos poucos toda a sociedade se modifica através do refinamento dos modelos mentais arquetipais disponíveis no ambiente social.

Se gostou do texto fique a vontade para deixar seu comentário.

Curso de Numerologia (1)