Você sabe como cozinha um sapo vivo? É fácil, coloca ele na panela com a água bem fria e deixa lá alguns atrativos para entrete-lo. Liga o fogo e vai esquentando a água bem devagarinho…

O sapo não consegue perceber a mudança na temperatura quando ela acontece bem devagarinho porque ele vai se adaptando e quando se der conta já está totalmente sem forças para lutar contra a água quente e morre.

Que maldade! Não é nada disso que quero falar. Até porque uma sopa de sapo deve ter um gosto horrível.

Mas as pessoas por acaso são diferentes do sapo? A gente não se acostuma com os problemas e vai aprendendo a conviver com eles?

A nossa ordem é na verdade a desordem com a qual nos acostumamos e nem notamos que as coisas estão indo pro brejo.

Às vezes alguém grita com a gente, nos sacode e dá uma bronca danada…Papai, mamãe, tio mala, patrão chato, guarda Caxias…

Mas está tão confortável aqui… Dói mas está quentinho. Dá um trabalho danado mudar isso.

Melhor deixar como está. No final vai dar certo…

Não precisa usar camisinha não.. comigo não acontece…Para que usar capacete, cinto de segurança… atravessar no sinal…Não tem perigo não, sempre funcionou assim…Tem uma dieta nova, pode comer de tudo…vai vir alguém para nos salvar, vai aparecer um candidato novo que vai mudar e dar um jeito nisso…

E aí nem ligamos para as pessoas comuns que estão tentando nos alertar . São umas chatas de galocha …

Agora, esperimenta colocar o sapo direto na água quente!

Ele pula e sai correndo … Afinal ele não é bobo nem nada…

E se você insistir com ele ou com outros bichos e humanos semelhantes pode se machucar…

Então… cozinha ele devagarinho que você consegue a mudança que quer!