puro-sangue

Na faculdade um professor me disse. “Nunca contrate um pangaré, (se referindo a funcionários de baixa qualificação).  Você pode dar a melhor ração para o pangaré, trata-lo da melhor forma, mas ele nunca será um ganhador como um Puro Sangue, que nasceu para vencer as corridas.

Eu fiquei com aquela frase por muito tempo, embora não tenha seguido totalmente o seu conselho e acabei contratando alguns “Pangarés”.

Hoje, minha experiencia me leva a crer que o professor estava errado. Não existem pangarés ou Puro Sangue quando se trata de ser humano.

Éclaro que um profissional preparado, com diplomas e certificações que estudou nas melhores escolas terá sempre mais chances de maior produtividade.

Mas me refiro a uma outra visão, que vai alem do mercantilismo de apenas tirar proveito das situaçoes e me coloca diante da responsabilidade de empregador e formador de mão de obra, formador de opiniões e com uma grande responsabilidade para com a transformação da sociedade.

Tenho trabalhado com jovens que tiveram poucas oportunidades na vida e chegam para o processo de aprendizado quase totalmente ignorantes como pedras Brutas a serem lapidadas.  É um trabalho que requer paciência e delicadeza e acima de tudo determinação e generosidade.

Mas o resultado é mais grandioso  e gratificante do que a satisfação de contratar um “Puro Sangue” e ve-lo ganhar as conquistas para as quais ele foi pago.

Não há preço que pague ver um jovem morador de uma comunidade aprender aos poucos a linguagem empresarial, aprender a se comportar e seguir padrões de qualidade, aos poucos ve-lo aderir aos processos e transformar seu comportamento, suas palavras suas atitudes e com o tempo ir se transformando no “puro sangue”.  E por fim, após alguns anos ve-lo com uma estatura profissional e uma garra invejável, discutindo de igual para igual com você temas complexos.

Não há preço que pague ver uma pedra bruta reluzir como um diamante.

É porque na verdade todos somos “Puro Sangue”, feitos para vencer !

Precisamos apenas de alguém que acredite em nós e lute com todas as forças para nos lapidar.  Foi assim comigo também,  quando jovem, alguém apostou em mim e investiu na minha formação.

Isso me lembra a historia da águia que vivia entre as galinhas e não sabia que podia voar como águia, até que um dia conheceu outras águias.

Todos somos Puro Sangue.

Mas alguns andam pelo lixo, comem comida estragada, estão sujos e machucados e se esqueceram ou mesmo nem sabem que são da raça mais nobre que existe na natureza.  O Ser Humano.  Precisam apenas de alguém que acredite neles e desperte o espírito “Puro Sangue” latente em seu íntimo.

Não existem pangarés, mas sim maus treinadores, maus professores, maus educadores, maus empresários, maus políticos etc… porque um verdadeiro mestre jamais desiste dos seus discípulos,  e mesmo diante da sua teimosia em persistir no erro tem toda paciência para esperar pelo seu amadurecimento até que esteja pronto para receber o melhor alimento e o melhor treinamento…

“Um professor do Interior ”