Ventos

Movem as pás dos destinos…
Espalham as sementes que geram o amanhã…
Refrescam a árdua labuta dos que não podem se dar o luxo de parar e precisam sobreviver…
Tiraram da inércia o marasmo de uma quietude falsa!
Arrastam e revolvem os entraves de supostas realidades absolutas!
Destroem os mantos de existências entravadas sem bases ou já desgastadas…
Levam embora as camadas de segurança ilusórias em aparências forjadas…
Dão passagem para que hajam sempre novos horizontes a serem construídos com a renovação necessária para que a evolução mostre novos Caminhos!

DayseGhaya