Equilíbrio…
Estar em perfeita harmonia interna e externamente…
Ser coerente no pensar, sentir e agir…
Saber a hora de falar ou calar…
Encontrar o eixo onde o fiel da balança reflete a perfeita dosagem entre ação e inação!
Mas como alcançar tamanha façanha?
Se sentir tão pleno e satisfeito?
É uma questão de posicionamento…
Entender que é a tentativa vale mais que o resultado.
Que a travessia é mais produtiva que a chegada.
Que o labor é mais importante que o pagamento.
Não é o resultado…
Não é o fim… mas o meio!
É a dinâmica do processo que te qualifica e que produz a plenitude tão desejada!
Quando termina, o que faz a diferença, é como se chegou ao destino!
Não é preciso ser o mais rápido, o mais forte ou o mais corajoso…
Mas sim, o que se dedicou, se esforçou ou e olhou para os que estavam a sua volta!
DayseGhaya

Blog: http://misteriosencantosmagias.mistériosencantosmagias.com/