Equilibrio

Temos ouvido muitas vezes nos falar sobre o caminho do meio ou o caminho do fio da navalha. Mas o que significa isso na vida prática ? Será que precisamos nos afastar do nossos afazeres e da rotina para encontrar este equilíbrio?

Parece algo como aqueles equilibristas que andam sobre as cordas bambas. Um deslize sequer e eles caem e tem que recomeçar tudo de novo do ponto em que pararam. Mas eles não fazem isso para provar nada para ninguém…

Eles apenas desafiam a si mesmos e estão buscando chegar ao outro lado da corda sem cair.

Percorrer este caminho pode ser uma experiência desafiadora para a vontade humana, digna daqueles que desejam alcançar novos níveis de conhecimento e poder.

Mas o caminho do meio não é o meio do caminho, muito menos um ponto equidistante entre dois extremos.

Observe que os equilibristas iniciantes balançam muito de lado para o outro, compensando bruscamente a grande haste que levam nas mãos de forma meio desengonçada. Parecem mesmo uma gigantesca balança compensando os seus pratos.

Mas a medida que ganham mais consciência e domínio seus movimentos vão ficando mais harmoniosos e quase não mechem mais na grande vara que usam para compensar os desequilíbrios.  Com o tempo e experiencia, eles deslisam suavemente pelo caminho  compensando os movimentos com graciosa leveza e suavidade. Não estão parados no centro, mas oscilando delicadamente entre extremos que de tão próximos quase se tocam…

Fazemos o mesmo em nossa vida, tentando compensar as coisas com atitudes opostas, como se pudêssemos equilibrar um erro com outro erro. Oscilamos entre a falta e o excesso, entre os extremos da racionalidade e emoção, entre a extrema piedade e o extremo julgamento…  Mas também nós com o tempo aprendemos a dosar e usar nossa energia com mais sabedoria evitando os extremos.

Por isso os sábios mestres falam com suavidade e cuidado evitando palavras que possam gerar emoções e qualquer desequilíbrio para não perder tempo corrigindo erros de rota.

Quando se decide pela estrada do caminho estreito, sua vida é moldada para limitar estes extremos e lhe dar poucas alternativas, forçando a exercitar-se para alcançar o equilíbrio.

Pode ser que tenha que enfrentar alguma limitação que o coloque em uma situação de necessidade de autocontrole.

Muitas doenças crônicas como a diabetes, hipertensão,  obesidade e outros  são desequilíbrios de glândulas que demonstram que a mecânica do sistema perdeu a capacidade de manter o equilíbrio por si mesma e somente uma vontade consciente e atenta do próprio individuo poderia equilibrar o sistema. Estas pessoas não podem mais viver no “Piloto Automático”

Para isso ele precisaria dedicar a vida a cuidar de si mesmo,  percebendo e atendendo cada sinal, corrigindo delicadamente os desvios semelhante aos equilibristas da corda.

Outras vezes a situação acontece no ambiente familiar ou profissional, em que uma pessoa e levada a conviver com uma ou mais pessoas que desafiam sua capacidade de suportar determinadas atitudes e comportamento levando-o a desistir do relacionamento, trocar de emprego ou simplesmente reagir agressivamente contra aquele que está ali para lhe desafiar e lhe fortalecer.

Se pudéssemos avisar a estas pessoas que as dificuldades que elas vão enfrentar fazem parte do seu aprendizado e que jamais deveriam lutar contra estes pretendo inimigos, muito pelo contrário, aprender com eles… “A outra face” aqui tem o mesmo sentido da “vara do equilibrista”.

Para os novatos que estão colocando os pés no caminho pela primeira vez as coisas são um pouco mais fácil. Muitas teorias serão aprendidas , muitas ideias perfeitas serão alimentadas fazendo-nos sentir e pensar que seja mais fácil do que realmente é.

Pode ser um período de preparação e encorajamento onde ele pode autodesafiar-se e se exercitar como os jovens nas academias. Até por fim ele decida que é hora de forjar-se pela prática do caminho estreito enfrentando os seus próprios desafios, tendo como testemunha apenas a sua própria luz interna e sua força de vontade.

Gostou do texto?

Preencha os formulário para receber novas mensagens.

Curso de Numerologia (1)