Sempre ouvi dizer que temos duas metades, uma boa e outra má, e que aquela que alimentamos é a que vencerá.

Mas agora vejo que esta historia não é bem assim…

Recentemente fui apresentado as minhas duas metades e pude observa-las melhor.

Uma é sensível, delicada e carinhosa, quer fazer amizades, viver em paz com todos, quer a saúde e o equilíbrio e que as coisas fiquem bem. Por isso ela é cuidadosa e busca sempre a conciliação pois quer estar bem com todos e com tudo. Mas ela é frágil e tímida, se magoa fácil e as vezes fica retraída e deprimida quando as coisas não vão bem ou quando não é correspondida.  Mas Ela não é tão boazinha assim, pois sabe manipular as coisas e as pessoas com seu jeitinho doce e inseguro.

Mas no fundo ela só quer me preservar…

Mas aí entra Ele em ação para me salvar. Forte, valente, corajoso e agressivo. Objetivo e direto, sabe o que quer e como conseguir, mesmo que precise passar por cima de tudo e de todos para me proteger. Ele á articulado, fala bem e gosta de ser aplaudido e admirado, tem energia, entusiamo e liderança. Mas acaba sempre criando muita confusão e me trazendo muitos conflitos…

Ele não faz isso por mal, pois só quer me fazer crescer…

Reconheço que Tenho deixado ele dominar porque assim me sinto mais forte e protegido e ao longo do tempo percebo que tenho alimentado mais ele do que ela.

Mas agora que os conheço e vejo que ambos me querem bem, estou buscando uma forma de fazer com que eles trabalhem sempre juntos e possam dar o melhor de si para meu sucesso… Porque nos raros momentos em que isso ocorre eu me sinto pleno e integrado…

Curioso, estive pensando que se posso ve-los tão claramente, então me pergunto, qual dos dois eu sou?  Será que os dois, ou nenhum deles…

Gostou do texto?

Preencha os formulário para receber novas mensagens.

Curso de Numerologia (1)