Buscas por respostas, mergulhas no oceano de tua natureza e pergunta…

Aquieta tua ansiedade e investiga as causas primarias geradoras da diversidade de situações e acontecimentos…

Mas nada te foi dito, nenhuma voz, nenhuma grande declaração.

Tudo é silencio e profundidade…

E desta mansidão serena e profunda, a claridade se reflete naturalmente em sua mente emergindo como encantamento do silêncio…

Nada precisa ser dito, não são necessárias palavras.

Nem mesmo seria possível traduzir os significados que emergem do silêncio.
As palavras seriam enganosas e incompletas…

Imerso neste oceano observas o desdobramento das causas primárias em efeitos e aprendes a agir como um colaborador da natureza,  tornando-te também um agente do silêncio transformador…

Quanta coisa é dita sem palavras, Quanto coisa é feita sem ações
quanta transformação é realizada sem movimentos…

Apenas uma pequena semente colocada na terra, regada e cuidada, produz uma imensa floresta no seu devido tempo.

Quanta coisa maravilhosa emerge da mansidão do profundo e sábio silencio…