Recebo muitos pacientes no consultório que fazem dieta de fisiculturista sem ser um. Ficam à base de frango, ovo, batata doce e aipim e eliminam derivados de leite, frutas..
Tentam fazer essa dieta restritiva por conta própria mas, obviamente, após um curto período, não aguentam mais. E chegam com uma visão errada de como é o trabalho de um nutricionista esportivo.
Acontece que até mesmo os atletas que competem, só fazem esse tipo de restrição no período pré competição, em torno de 8 semanas.
Então a pessoa já chega com várias carências nutricionais, sobretudo em vitaminas, porque resume a dieta à “carboidratos e proteínas”.

Mulheres relatam queda de cabelo, unhas enfraquecidas, pele sem viço, irritabilidade, desânimo.

Homens relatam queda de cabelo, falta de disposição nos treinos e trabalho, sono irregular, irritabilidade.

Nutrição não se resume aos macronutrientes “carbo, proteina e gordura”. E todo paciente precisa passar por uma avaliação individual!
Para elaborar um plano alimentar é necessário obter dezenas de informações pessoais, exames sanguíneos, avaliação antropométrica e uma boa dose de bom senso.

O paciente deve ser visto com uma visão holística, individualizada sempre!
Esse é um dos segredos de se obter sucesso numa dieta.
Sua dieta deve ser vista como um prazer, não como uma tortura!

15625413_1820161534862496_6391928032516374528_nDra Rosane Martins – Nutricionista

Marcação de Consultas:

Telefones: 3086-7332 | 98842-1465  98871-6714

Atendimento apenas particular. 11h às 19h.