Uma pergunta Top 10 no consultório é: “Dra, aeróbio em jejum funciona mesmo?”

Se querem conhecer um assunto super polêmico, está aí: cardio em jejum, aero em jejum, cardio done.. Dezenas de termos, inúmeras controvérsias e nenhuma decisão estabelecida.

A aerobiose em jejum tem como objetivo otimizar a lipólise (mobilização de gordura corporal como fonte energética), quando o organismo está com baixa reserva de glicogênio (após um período de jejum de 7 a 8 horas de sono). Supostamente com a reserva primária de energia baixa, o organismo alternaria para outras vias energéticas de reserva: gordura e aminoácidos glicogênicos (seu precioso músculo).

No meio dos bodybuilders é muito comum a utilização deste método. Jay Cutler, 4 x Mr Olympia, é adepto de 40 minutos de cardio em jejum diariamente. Mas até entre os malhadores principiantes isso já virou prática. Às vezes nem é intencional. É comum os pacientes me relatarem que levantam da cama, trocam de roupa e vão correndo pra academia sem comer nada, seja por falta de apetite matinal, tempo ou pura preguiça.
Mas e quem não consegue treinar logo ao acordar? O glicogênio muscular também estará diminuído após um treino de musculação, então, é possível utilizar essa prática de forma controlada após um treino intenso com pesos.

Alguns estudos mostram que o aero em jejum leva à economia de glicose e à maior oxidação de gorduras. Porém, devido à falta de nutrientes, o corpo pode entrar num estado econômico de energia, diminuindo assim o gasto energético e aumentado os níveis de cortisol, um hormônio catabólico, o horror de quem treina para hipertrofia.

Mas quais são os pós e contras em fazer cardio em jejum?

– Pontos positivos: menor resistência à insulina, maior oxidação de gordura, levando a uma rápida redução de medidas.
– Pontos negativos: queima de massa muscular, sintomas de hipoglicemia: fraqueza, tontura, náuseas, fadiga muscular e desmaio e maior chance de lesões.

Algumas pessoas se adaptam melhor a esta situação, já outras não conseguiriam fazer nem 15 minutos que se sentiriam mal. Respeitar a sua individualidade biológica é fundamental. Indivíduos que possuem facilidade em ter hipoglicemia, indivíduos ectomorfos que tem um gasto energético bem alto e até indivíduos que possuem alguma doença, não devem se beneficiar com essa técnica de treino. Treinar ou não em jejum é uma decisão que deve ser tomada em conjunto com seu treinador físico e seu nutricionista esportivo. Jamais deve ser feito sem orientação.

Não estou colocando aqui o que é certo ou errado, não quero incentivar ninguém a fazer o mesmo, não quero debater entre o que se aprende na facul e o que eu vejo na prática, nada disso! Estou apenas escrevendo de forma simples o que sei sobre o assunto. Gosto sempre de frisar que alimentação saudável é uma coisa e alimentação para performance é outra. Existe uma tênue diferença entre a nutrição clínica e a estética. A nutrição clínica funciona bem na estética, mas o inverso nem sempre é verdadeiro. Praticar esportes é saudável, mas utilizar técnicas de atletas nem sempre.

Optando por fazer, não adianta ingerir suplementos anticatabólicos como BCAA, Whey, Glutamina.. A L-Leucina presente no BCAA e Whey, por exemplo, estimula a secreção de insulina, hormônio antagônico a lipólise. Já a glutamina é um aminoácido glicogênico, ou seja, facilmente é utilizada como substrato para formação de glicose. Jejum é jejum, apenas água para evitar desidratação.

Sobre o meu ponto de vista, o custo benefício não compensa. Perder gordura em detrimento de massa muscular é, no mínimo, incoerente. Emagrecimento saudável e inteligente é perder gordura e manter massa muscular. O que realmente fará diferença não é o momento em que o aeróbio é realizado, mas sim o balanço energético total diário. Isso, um bom nutricionista esportivo saberá calcular para você.

Aos meus queridos pacientes e aos que possuem hipertrofia na veia, mas que desejam também definição corporal, aí vai um alerta: tenham cautela com os aeróbicos! Quando o assunto é queima de gordura, a dieta tem um impacto muito maior no corpo do que os próprios aeróbicos. Fazer exercício sem controle e sem dieta dá uma receita perfeita para você apenas estressar seu organismo e ter grande perda muscular.

 

15625413_1820161534862496_6391928032516374528_n

Dra Rosane Martins - Nutricionista
http://rosanemartins.com.br/aerobio-em-jejum/

Marcação de Consultas:
Telefones: 3086-7332 | 98842-1465 whatsapp 98871-6714
Atendimento apenas particular. 11h às 19h.