1. Somos convidados a buscar a sintonia com as altas frequências, não de forma eventual, mas de forma permanente, e sem abandonar o mundo, atuando como auxiliares na expansão da consciência coletiva.
  2. Até aqui, aprendemos a força do trabalho, da persistência, da logica e da eficiência,

    Construímos nossa casa “sobre a Rocha” da firmeza e da responsabilidade, não mais sobre a areia movediça da aventura e devaneios,

    Aprendemos a respeitar o direito alheio de fazer suas próprias escolhas, mesmo que nos pareçam errados sob a nossa forma de ver o mundo, e jamais interferir.

  3. Aprendemos a ter senilidade e amar a beleza e a arte, vendo o belo em tudo em todos, mesmo na rotina repetitiva e nas formas mais simples,


    Aprendemos que todos somos partes de um grande organismo, partículas vivas da alma da Terra que busca reconhecer-se como um ser integral,

    Transcendemos o pensamento individual e egoísta pela compreensão da lei universal, e passamos a ver nossos semelhantes como irmãos,

    Compreendemos que nossa caminhada está intimamente ligada a caminhada de todos e desejamos a integração de nossa consciência ao inconsciente coletivo,

  4. Agora buscamos transcender os limites da forma e penetrar na mente abstrata, e nos surpreendemos ao ser aconselhados a pensar com o coração e sentir com a mente.

    Agora é hora de trabalhar os dois hemisférios do cérebro ao mesmo tempo, o lado direito e o esquerdo trabalhando em conjunto de tal forma que já não importa quem controla o que.

    Agora é hora Unirmos definitivamente nossos casais internos, de tal forma que trabalhem tão unidos que já não saibamos mais diferenciar quando um ou o outro estão atuando.

    Somente com esta Harmonia Interna alcançaremos a Harmonia e Sintonia com todos os Seres e com todas as coisas,

    E somente através desta Harmonia poderemos viver permanentemente “Embriagados” pelo sentimento de Amor Universal, condição essencial para prosseguirmos nesta escada íngreme em direção a trabalho Infinito de unificação da consciência Universal.

    Por isso o mestre recomendou que perdesse a capacidade de Ferir, pois quem fere o outro fere a si mesmo, e perde a sintonia consigo mesmo. Tudo que fazemos aos outros na verdade fazemos a nos mesmos, pois a vida acontece dentro de nós. O que está em cima é igual ao que está em baixo, e o que está dentro é igual ao que está fora.

    Ao unirmos enfim as pontas dos extremos de nossa dualidade, formamos o nosso circulo interno harmonizado, onde os contrários se intercalam como uma dança.
    Através desta aliança interna podemos formar as alianças externas e expandir nosso relacionamento harmonioso para dimensões mais amplas.

    No mundo das partículas impera a Lei Cartesiana e no Mundo das Ondas seguimos a harmonia dos relacionamentos. 

  5. Buscamos então superar este degrau da escravidão da forma e da lei das partículas.

    Harmonia, Sabedoria, Amor, Verdade, Poder e Justiça.

    Somos agora Partículas conscientes que buscam sintonizar com seus pares para viver na dimensão das ondas. A Quarta dimensão pode ser esse estado de espirito alterado que nos faz sentir-se como um participante da onda infinita, vivendo então na dimensão do amor em ação.

  6. Mas se tudo pode ser tão Belo e simples, se todos fazemos parte desta grande onda, porque temos esta sensação de que somos como uma minúscula tribo em meio a gigantesca massa de pessoas, como se fossemos nós os desajustados com hábitos estranhos e uma linguagem incompreensível ?
  7. Talvez porque em suas lutas internas, as pessoas estejam preferindo ignorar este chamado da onda da expansão cósmica e estejam aderindo a outra onda mais sedutora e imediatista, que oferece delícias de curto prazo. Sim, talvez a grande massa já forme uma grande onda e por isso seja tão difícil de toca-los e sensibiliza-los. 
  8. Estamos debatendo sobre quarta e quinta dimensão, de vibrações elevadas, em um mundo onde predomina a batida rítmica da sensualidade, do balanço das baixas vibrações que estremecem os centros vibratórios inferiores. Como uma ola em estádio, a humanidade corresponde, reproduz e compartilha tudo que recebe da onda das sombras, sem avaliar seu conteúdo.
  9. E nós, alienígenas em nosso próprio mundo, como poderemos ajudar este povo entorpecido?
  10. A muito tempo que os servidores da grande onda, vem trabalhando silenciosamente contando sempre com o apoio do alto. No fundo é mesmo uma antiga batalha que precisa as vezes que deixemos o romantismo de lado e coloquemos as mãos na obra.
  11. “O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos; “ Izaias 61:1
  12. Somos uma caixa de ressonância e vibramos em uníssono com as frequências que estao afinadas com a nossa natureza física e energética, e esta representa nosso grau de evolução e aprendizado.
  13. Para mudar de frequência é preciso mudar a própria natureza física e energética.

  14. Saber, querer, ousar e calar.

    Mais um conselho incompreendido.

    Saber : Ter acesso a novos conhecimentos, capazes de iluminar novas áreas de nossa mente.

    Querer: Desejar a transformação, sabendo que precisa colocar o conhecimento em ação.

    Ousar:Desafiar suas crenças e Iniciar uma jornada de transformação e persistir nela apesar de todas as forças contrarias e dos apelos internos para permanecer na zona de conforto.

    Calar; Aguardar o refluxo universo pois toda ação produz uma reação, e a força movida pela iniciativa produzira frutos transformadores no momento certo. 

  15. De dia lança-se a semente e rega-se a terra, a noite vem a germinação da semente e o surgimento de novos frutos. Mas quanto dura um dia e uma noite?  É possível colher o que não se plantou sem cometer uma transgressão da lei ?
  16. Somos a expressão viva de nossas crenças, que refletem nossas experiências ao longo da eternidade, que se expressam nas limitações de nossos corpos que são  nossos veículos.
  17. Mudar crenças requer novas experiências, e isso requer ousadia.

    Minhas escolhas sao influenciadas pelas minhas crenças, meu universo é produto de minha conduta e de meu comportamento e tudo é fruto de minhas crenças.

    O habito é ao mesmo tempo o guardião e o limitador de nossas crenças, mas é através de novos hábitos que podemos nos transformar.

    “O destino do homem é recriar a si mesmo” Eliphas Levi

    Dizem que para formar um novo habito precisamos repetir um ato pelo menos 21 vezes.

    Já tentou fazer as coisas de forma totalmente diferentes, como escovar os dentes ou pentear os cabelos com a mão esquerda ? 

  18. Se fizer coisas assim e repetir o suficiente seu cérebro criara nos caminhos e se abrirão novas janelas de percepção.