A busca da Integridade nos remete ao sentimento de Integração com tudo e com todos. A Percepção da Unidade Cósmica rompe a ilusão da separatividade e cria o desejo de Religar-se. Reconhecer-se implica em ver-se refletido nos outros e no mundo.

A Tétrade Sagrada nos mostra esta Unidade que se projeta na pluralidade através das três faces da pirâmide que se re-unificam na outra face. Do vértice a visão do um para o múltiplo, da base do múltiplo para o um.

Ao compreende-la se percebe que não há inimigos a vencer porque todos somos um só Eu fragmentado em varias percepções e dimensões diferentes. O Universo parece redesenhar-se diante dos olhos e corações e a busca desta unidade passa ser o desejo principal da vida.

Então não será mais possível se sentir superior ou inferior e a liderança será percebida como na lição dos gansos que se revezam e respeitam o líder que usa sensibilidade e harmonia com o grupo.

Aceitar ser guiado e saber ser parte de uma grande família onde os irmãos mais velhos tem mais experiência para nos orientar. Cumprir as idéias que vem do alto e trabalhar afinado,  como em uma corrida de revezamento onde todos ganham,  e mesmo aquele que chega na frente sabe que o resultado é de todo o time e não de um único individuo.

O trabalho ganha o sentido de prazer de servir e o dever de compartilhar suas forças e conhecimento para o progresso de todos  elimina o sentido negligenciar ou postergar por que o trabalho é voluntário e consciente e muitos dependem deste trabalho. A responsabilidade se sobrepõe ao prazer pessoal e ao cansaço.

As transformações serão evoluções dentro do ritmo e da vontade do Universo, expressa na orientação dos Irmãos mais velhos.

O sentimento de família Universal desperta o amor verdadeiro e abnegado pelo bem estar de todos tendo como recompensa reunir cada filho prodigo perdido nas aventuras da vida.

Também não faz sentido a critica aos erros e fraquezas alheias diante da compreensão das dificuldades encontradas e a lembrança de quanto se precisou de ajuda no caminho.

O conhecimento e progresso alcançado será então posto a serviço do trabalho de ajuda aos irmãos que estão na estrada.

Já se pode ver morro abaixo os peregrinos cansados, perdidos e desorientados e deseja-se alistar-se nas fileiras de trabalho de instrução ou de socorro, mas ainda com os pés sujos e a vista embaçada vendo enganosa  e ofuscante duplicidade que confunde e separa o sol da lua, o dia da noite…

abs a toda a familia,